Problemas gastrointestinais

As novas terapias usadas para tratar mieloma múltiplo podem estar associadas a problemas gastrointestinais (por exemplo, náuseas, vômitos, diarreia e constipação). Não pare ou ajuste os medicamentos sem discutir o assunto com o seu médico. 

Ele ou ela pode alterar a sua dose ou esquema de medicação para ajudar a reduzir o seu desconforto.

O que melhora a náusea?

A náusea é uma sensação desagradável na garganta e no estômago.

  • Se sentir náuseas generalizadas, faça refeições pequenas e frequentes. Não coma alimentos gordurosos ou fritos. Evite odores fortes. Não faça exercícios depois de comer. Use roupas largas. Comece com os medicamentos anti-náuseas apropriados antes da quimioterapia. Use relaxamento, acupuntura, biofeedback e / ou imagens guiadas. Tome medicamentos anti-náuseas que possam ser solicitados.
  • Se sentir perda de apetite, mas ainda conseguir comer normalmente, ajuste as dosagens dos medicamentos, beba água e outros líquidos suficientes e anote os medicamentos em um diário.
  • Se você sentir uma diminuição na capacidade de comer ou beber, consulte seu médico para um exame físico e avaliação.
  • Se você não conseguir comer ou beber, chame um médico imediatamente. Você pode precisar de hospitalização ou medicamentos.

O que ajuda com o vômito?

  • O vômito é um esvaziamento forçado do conteúdo do estômago.
    • Para um episódio de vômito, continue os medicamentos para náuseas conforme prescrito.
    • Entre dois a cinco episódios de vômito em 24 horas, entre em contato com seu médico imediatamente. Novos medicamentos, por via oral ou venosa, podem ser necessários.

      Para seis ou mais episódios de vômito em 24 horas, entre em contato com seu médico imediatamente. A hospitalização pode ser necessária para avaliar o estado dos fluidos e descartar obstrução intestinal.

O que ajuda a constipação?

A constipação é uma diminuição da frequência de defecação acompanhada por desconforto e dificuldade.

  • Para constipação, seu médico pode prescrever docusato, senna, sulfato de magnésio, citrato de magnésio, lactulose ou bisacodil.
  • Para constipação leve, aumente a ingestão de líquidos e fibras, aumente a atividade física e comece a usar amaciantes de fezes.
  • Para constipação moderada, converse com um nutricionista sobre a ingestão de alimentos e considere laxantes e estimulantes.
  • Para constipação severa, seu médico pode discutir o tratamento para um cólon impactado ou avaliar se seu intestino está obstruído. Você pode precisar de mudanças de medicação ou encaminhamento a um especialista gastrointestinal. Se você estiver experimentando desidratação concomitantemente, pode ser necessário administrar líquidos.

O que ajuda a diarreia?

A diarreia é um aumento anormal da frequência e da quantidade de líquido nas fezes.

  • Para diarreia, seu médico pode prescrever Imodium, difenoxilato ou octreotida.
  • Para menos de quatro evacuações por dia, beba mais líquidos. Evite bebidas com cafeína, carbonatadas e muito açucaradas. Mudanças na dieta podem ser necessárias. Suspenda qualquer medicamento que cause diarreia. Mantenha a área retal limpa.
  • De quatro a seis vezes por dia, você pode precisar de medicamentos, bem como líquidos e sais.
  • Se você tiver mais de seis fezes por dia por mais de 24 horas, deve avisar um médico. Uma coleta de fezes será solicitada para verificar se a diarreia é resultado de uma infecção. A hospitalização pode ser considerada para reposição de fluidos. Cuide muito bem da sua pele e use absorventes ou fraldas descartáveis.

Para saber mais sobre cada uma dessas complicações, explore abaixo outras complicações e efeitos colaterais.

AnemiaDoença ÓsseaStress, Fadiga e Sexualidade
Problemas GastrointestinaisComplicações no Coração e Pulmão
Problemas no RimMielossupressãoDor
Cuidado PaliativoNeuropatia PeriféricaEfeito Colateral de Esteróides

Close Bitnami banner
Bitnami